Quando vemos mandioca em um cardápio é quase sempre aquela frita em tirinhas - que sim, também é uma delícia mas não é muito saudável e nem muito prática. Por isso, hoje gostaria de mostrar pra vocês uma forma super fácil de se preparar a mandioca de um jeito em que seu sabor e suas texturas ficam simplesmente perfeitos!
 

Essa pode não parecer a receita mais food porn de todas, mas eu garanto pra vocês que é a melhor mandioca de todas. Inclusive, já perdi a conta de quantas vezes preparei a mandioca assim para amigos e TODOS eles não só me pediram pra repetir, como também pediram pra anotar a receita.

A mandioca é um ingrediente clássico da cultura brasileira e nativa. Porém para os recém chegados à cozinha, ela parece um ingrediente antigo e não muito versátil. Chegou a hora de quebrar esse mito e mostrar que a mandioca é deliciosa e cheia de possibilidades! Por isso, no post de hoje vocês aprenderão desde a compra da mandioca, até o armazenamento e o preparo!

Sem mais delongas, bora cozinhar:




 

Mandioca no Forno

INGREDIENTE BASE

- Mandioca

 


INGREDIENTES | TEMPEROS

- Alho ralado

- Cebolinha picada

- Salsinha picada

- Cebola ralada

- Sal

- Pimenta preta

- Azeite

- Pimenta calabresa
 

Antes de começar, vamos à algumas dicas sobre a mandioca, pra garantir uma receita ainda mais deliciosa!
 

  • Como escolher a melhor mandioca?

    A mandioca mais gostosa é a mais fresca. Sempre. Apesar de ter a aparência rústica, a mandioca é super perecível e pode estragar até dois dias depois da colheita. Por isso é importante ficar atento ao escolhê-la para não comprar uma mandioca que está prestes a estragar.

    Se possível, pergunte ao feirante antes de comprar quando ela foi colhida. E sempre confira se ela tem pequenos pontos de bolor na casca (principalmente nas extremidades).

    Outra forma de conferir se a mandioca está fresca é pedindo para o feirante cortá-la, se o interior estiver bem branquinho é porque está bem fresca. Mas se ele tiver raios e manchas escuras, é porque já não está tão boa assim.

    Se não conseguir cortar na feira, e for cortar apenas em casa e perceber que ela tem manchas escuras, não se precipite, não significa que ela está totalmente apodrecida, é só confiar no olfato e conferir se ela tem cheiro de fermentação/azedo, e confira também se o miolo está pegajoso. Se ele estiver apenas úmido e com aroma suave, pode comer tranquilamente.

     

  • Como armazenar?

    Há também uma dica para desacelerar o processo de putrefação da mandioca. Depois de comprá-la, ao chegar em casa, você pode descascar a mandioca, cortá-la em grandes pedaços e colocá-la em um pote coberta com água. Assim ela pode chegar a durar até 3 semanas.

    Mas evite deixá-la guardada por muito tempo, o ideal é consumir em poucos dias. Pois com o tempo a mandioca começa a soltar seu amido na água (que fica levemente esbranquiçada) e pode perder propriedades nutricionais.

     

  • Como descascar?

    Parece difícil, mas é só questão de técnica. Mostrei nas fotos que basta bater uma faca bem afiada na casca e tentar soltá-la pela lateral. Quando você pegar o jeito, vai conseguir arrancar o restante da casca com as mãos como se estivesse tirando uma fita adesiva de um rolo.


PREPARO:

1) A receita é simples, para começar basta ralar a mandioca em um ralo grosso e colocá-la em uma forma que vá ao forno.

2) Nessa mesma forma coloque todos os temperos à gosto, eu recomendo que você vá temperando e provando - o ideal é que fique um pouco sem sal, pois quando a mandioca for ao forno a água vai evaporar e os sabores ficaram mais concentrados. Minha dica é: capriche na quantidade de ervas frescas e de azeite, eles vão deixar sua mandioca com um aroma maravilhoso.

3) Depois que estiver temperado, pressione bem a mandioca no fundo da forma, deixando-a como na foto, e leve ao forno à 230°C até que fique bem dourada na superfície.

4) Retire do forno e sirva com uma salada refrescante. FIca delicioso, espero que gostem!


Não há certos e errados na gastronomia vegana, o certo é você ser feliz e permitir o mesmo aos animais, o resto a gente inventa!

Espero que gostem dessa receita!
Não se esqueça de fotografar e postar uma foto nos stories marcando o @palmavegan pra que eu possa ver a sua versão! Um beijo enorme, #considereoveganismo e até a próxima!

© 2020 Todas as imagens e receitas são de autoria de Juliana Palma e estão protegidas pelas leis de direito autoral

  • Instagram